Digital chega na agricultura no Mato Grosso para safra

Muitas fazendas do Mato Grosso já receberam o Cropwise Protector e contam com a agricultura digital para a safra 20/21. O processo de implantação, momento em que as equipes são treinadas para o uso do software, é adequado às necessidades do cliente. No encontro com técnicos e gestores, os consultores da Syngenta Digital mostram como a ferramenta pode ser melhor aproveitada por todas as pontas da produção.

  

O Especialista em Transformação Digital Bruno Cunha esteve em propriedades da SLC Agrícola, como as fazendas Paiaguás e Planorte, para implantações em que se reuniu com as equipes de monitoramento e de tomada de decisão. “Explico para eles que a gente vai abordar, primeiro, a parte de monitoramento, tirar dúvidas e ir para o campo. Lá, a gente monitora alguns pontos. Depois, voltamos para o escritório, e mostro tudo que monitoraram, ressaltando o que tem de novo, de melhorias, as novas ferramentas”, descreve.

Este registro foi feito antes das normas de distanciamento impostas pela pandemia

Assistente de Planejamento e Controle de Agricultura Digital da SLC Agrícola, Bruna Gunther acompanhou o treinamento na Fazenda Planorte, em Sapezal, e conta que a presença do consultor no campo é importante para fazer questionamentos sobre as novidades do sistema e sanar problemas. “É muito importante ter essa interação com o campo, ver a realidade e entender as dúvidas do dia a dia”, conta. 

A implantação do Cropwise Protector 

“No campo, tiro dúvidas de metodologias, quais pragas monitorar e de que forma. É onde mais recebo feedback interessante para melhoria de produto. Os feedbacks estão sendo muito bons. Sempre que saio da fazenda, saio com a sensação de que vai dar certo”, conta Cunha, que deu foco no monitoramento da qualidade de plantio, na distribuição de sementes no solo e no monitoramento de pragas, doenças e daninhas, já que a visita ocorreu no início da safra.  

Este registro foi feito antes das normas de distanciamento impostas pela pandemia

Mas o consultor também toca em outros momentos do ciclo, como a nutrição foliar, durante a safra, e as perdas na colheita, ao final, além da instalação de pluviômetros e armadilhas e dos registros de aplicação. Com a atualização para a nova versão do Cropwise Protector, os técnicos e gestores conheceram as novas funcionalidades. “A gente foi a campo, numa lavoura ao lado, e tiramos dúvidas. Porque mudou todo o design a plataforma, facilitou bastante alguns pontos. Ficou bem mais ilustrativa, tem mais atalhos, bem mais prático” avalia Gunther.  

Segundo ela, o contato próximo com o Especialista em Transformação Digital traz padronização e informações mais claras para todas as unidades da SLC Agrícola. “Durante a safra, nosso contato é bem frequente, sempre tem ajustes, alguma sugestão para ser levada à frente”, completa. 

Acompanhe nossas redes sociais:
agricultura digitalcropwise protectorMato Grossoslc agrícola
Comments (0)
Add Comment